Blocos que sujarem a cidade com anúncios serão impedidos de desfilar em Salvador

A prefeitura de Salvador informou hoje (07/02) que os blocos que fizerem anúncios em locais indevidos da cidade serão impedidos de desfilar na folia deste ano que começa, oficialmente, no dia 22 de fevereiro.

Segundo nota divulgada pelo órgão municipal, “os blocos de carnaval que não retirarem os anúncios colocados em muros e viadutos em Salvador” serão proibidos de circular, sob determinação da Secretaria Municipal de Desenvolvimento e Urbanismo (Sedur), que busca reduzir a poluição visual da capital baiana.

De acordo com a prefeitura, os blocos serão primeiramente notificados. Em caso de não cumprimento da determinação, serão proibidos de desfilar.

Produtoras

Três empresas produtoras de eventos já foram notificadas pela prefeitura desde o início deste ano. A determinação exigia a retirada de anúncios que sujavam a cidade, sob pena de cancelamento do evento. A mesma regra, entretanto, servirá para as produtoras de blocos de carnaval.

Na última sexta-feira (3), a prefeitura cancelou a realização de um evento automobilístico, marcado para o último domingo (5), em um local destinado a shows e grandes eventos. Segundo a prefeitura, o evento foi cancelado “por sujar os bairros de Brotas, Pirajá e Nazaré com cartazes em muros e viadutos”.

De acordo com a prefeitura, a produtora responsável pelo evento foi notificada no dia 24 de janeiro para retirar toda a publicidade em um prazo de seis horas. A determinação não foi atendida e, por isso, o evento foi cancelado.

Um decreto municipal de 2000 permite a proibição de exibição de “peças publicitárias sem a devida licença da Sedur” ou em locais públicos, a exemplo de viadutos, postes e árvores.

Foto: Divulgação
Fonte: Agência Brasil
x

Check Also

Festa de São Gonçalo 2018 terá bloco de arrocha “Amigos da Sofrência”

Share this on WhatsApp Relacionado Share this on WhatsApp